Bianca Bracho: O colecionador de coracoes partidos e O club das ex namoradas -->

O colecionador de coracoes partidos e O club das ex namoradas


Em comemoração a quase 2 anos do Blog, resolvi fazer uma postagem extremamente importante.
A finalização de algo que deveria ter acontecido muito antes, mas que pelas circunstancias, decidi escrever agora.
Comecei esse blog, porque como muitos sabem, havia acabado um relacionamento desses tóxicos mesmo e decidi focalizar a minha energia em algo produtivo, além disso, decidi também ir morar em Buenos Aires e criar um canal de fácil acesso a todos.

Venho por meio desta encerrar de vez algo. Esse mes completam 2 anos...isso mesmo...dois anos que tudo se acabou e foi bom...foi otimo na verdade. Nunca poderia imaginar que escreveria algo do tipo. O nosso fim representou muitas coisas para mim...uma delas a aprender a ter amor próprio, a ter meus objetivos e nao deixar que nada interfira neles.
Minha mãe sempre me dizia, se alguém vai te ensinar a ter amor próprio será ele, claro que nao foi tao simples e fui entender isso quando tudo de fato havia acabado. Porque? Porque voce durante todo o nosso namoro insistia em dizer que eu era feia, gorda, ridícula, quando na verdade, voce falava isso porque voce se via assim.
Por muito tempo busquei entender o que fiz de errado, mas a grande verdade é que o meu maior erro foi amar tanto voce que me esqueci de mim. Projetei em voce o sonho encantado que eu achava que poderia ter...um cara legal, com uma carreira legal, um futuro que poderia existir, um carro, um cachorro, até possiveis filhos. Nao tenho vergonha de admitir que eu sempre sempre procurei encontrar alguém como nos contos de fadas, talvez pela minha maneira de ser ou encarar a vida, pensei que esse sonho encantado poderia ter sido com voce.
Algumas coisas aconteceram de fato, outras coisas nao. Enfrentei meus próprios medos e encarei de verdade que eu nao estava pronta. Nao estava pronta e que muito menos deveria aceitar alguém como é... para ser feliz...porque na verdade a felicidade nao é um estado permanente...sao momentos. Minha mãe uma vez me falou sobre a felicidade ser isso mesmo, momentánea, quando num belo dia lendo um livro maravilhoso, vi que Freud também pensava da mesma forma. Obrigada mãezinha por ser tao sábia!
Hoje eu vejo que uma das melhores coisas que me aconteceram foi nao estar com voce. Voce é até um cara legal, mas é tao vazio por dentro e tem tao pouco para oferecer que jamais poderia me preencher, porque eu antes de buscar no outro deveria ter buscado em mim mesma o que procurava...esse amor universal.

Descobri que devemos ver os sinais e que eu fechei os olhos para todos. Voce nao é...nem de perto o homem que eu queria para mim...e voce deve saber isso. Agora só nao consigo entender porque voce se sente feliz em quebrar e iludir garotas que assim como eu...se sentem sozinhas ou desprotegidas. Voce nao é nem de perto o cara certo, voce é o cara todo errado...tao quebrado por dentro que nao pode oferecer nada, apenas quebrar e fazer com que a vida reconstrua.

Quando vejo que fui só uma de tantas outras que passaram pela sua vida, me sinto triste, mas ao mesmo tempo feliz, porque apesar de ter gastado tanto tempo em alguém que jamais poderia me amar da mesma forma, aprendi tantas coisas sobre mim e pude me entregar ao grande projeto, a minha vida!

O que fica depois de tudo isso é que eu fui uma de tantas que ainda poderão aparecer na sua vida e que também vão se sentir mal e sozinhas por isso...mas no fundo vão procurar maneiras de se reconstruir. Maneiras de recomeçar...Porque acredito que essa é a sua missão. Quebrar e partir ao meio pessoas, decepcionar famílias e deixar um grande vazio.
Talvez eu nao tenha encontrado ainda o que procuro, mas tenho certeza que se alguém esta perdido é voce.

Encontre o seu caminho e pare de ferir!

Aprenda a se amar...porque enquanto isso nao acontecer, mais corações vão sofrer por um amor ilusorio. Um amor que nao existe!
E sabe, eu nao quero fazer mais parte disso, nao quero ser mais uma integrante do grupinho das suas ex namoradas, na verdade eu só quero um dia poder encontrar alguém que me ame como sou e que segure a minha mão.

Bom acho que é isso!
Adios!!




Nenhum comentário:

Postar um comentário

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *