Bianca Bracho: Curiosidades part 2 : Vantagens e desvantagens de viver em Buenos Aires -->

Curiosidades part 2 : Vantagens e desvantagens de viver em Buenos Aires

Olá pessoal,

Vi algumas notícias ultimamente e resolvi escrever a parte 2 das curiosidades, o tema que abordarei hoje é sobre as vantagens e desvantagens de viver em Buenos Aires. 

  • Transporte em Buenos Aires: Como muitos sabem ou vão ficar sabendo agora, o governo subsidia uma parte do transporte.
O valor da passagem de onibus varia de acordo com o trecho que você fizer e ele pode estar entre 8,258,50. Quando você entra em um onibus você precisa avisar até onde irá ou falar o valor. Sendo assim, o próprio motorista carrega o valor na máquina e você pode passar a "tarjeta sube". Aqui não tem cobrador, então você precisa ter sim ou sim o cartão Sube para poder utilizar os onibus. Outro detalhe, as paradas de onibus são separadas, cada lugar tem uma parada para cada onibus que passar por esse lugar. Não é como no brasil que em um mesmo ponto passam vários onibus para diversos lugares.
Ônibus em Buenos Aires 
Aqui também não existe integração, a cada onibus que usar pagara a tarifa integral. Ou seja, você precisa pegar 3 onibus para o lugar que irá, então será cobrado em cada um dos onibus o valor correspondente ao trajeto.
O metro aqui é chamado de Sube, o valor da passagem é de 7,50 pesos. Ele atende boa parte da cidade e também conta com os serviços de trem. Na grande parte das estações possui avisos do tempo de espera até chegar o próximo trem. Os metros contam com as famosas transferencias entre as linhas.
Dificilmente os metros e onibus chegam cheios, já peguei algumas vezes, mas nem se compara com o horário de pico na Sé.


  • Lavanderias: aqui é difícil achar casa que tenha lavadora, então muitas pessoas utilizam o serviço de lavanderias pagas. Em praticamente todas elas existe um serviço de lavar várias peças juntas e pagar o preço de até 100 pesos por uma sacola dessas recicláveis pretas ou verdes que vendem nos mercados. Modestia parte é um serviço bem barato se comparado com o que eu via em São Paulo. Onde é cobrado por peças e elas variam entre 5 reais até 40 reais. As roupas não vem passadas, mas vem todas bem limpinhas. E também outro detalhe é que por quarteirão você encontra pelo menos 2 opções de lavanderias, assim você pode escolher a melhor.


  • Mercados: Aqui os produtos são todos mais caros que no Brasil, não vendem arroz de 5 kg, você encontra nos mercados saquinhos de 1kg, os produtos são quase todos das marcas daqui. Para achar alguma marca brasileira, você precisa ir até o bairro chino, onde eles vendem nos mercados produtos que utilizamos no Brasil com maior frequência, como Leite de Coco, polvilho, feijão preto..  Aqui os mercados são bem pequenos. Vendem o básico, para comprar carne e verduras frescas você precisa ir até um lugar que chama Verduleria, já vou adiantar, as opções de frutas aqui são bem poucas e variam muito de acordo com as estações do ano. As verdulerias, você encontra também por volta de uma por quarteirão e os mercados também. Para comprar carne em mercados você precisa ir até os mercados maiores que são o Coto, Jumbo.Outro detalhe importante é que aqui comemos carne de vaca.
  • Estudar: Aqui o ensino é muito bom e gratuito para ensino fundamental, médio e graduação. A UBA teve como estudantes e professores quatro dos cinco ganhadores argentinos do Premio Nobel. Foi eleita pelo QS University Rankings, no ano de 2015, como a melhor universidade da América do Sul e da Iberoamericana, posto antes ocupado pela USP.

Para entrar na UBA voce precisa cursar um curso chamado CBC ou o UBA XXI. Estudará algumas matérias e dopois fará provas, passando nas provas com boas qualificaçoes voce poderá ingressar na universidade. Esse curso entra dentro do curso que voce escolher. Se voce for estudar Psicologia por exemplo terá que fazer o CBC (leva em torno de 8 meses) + 5 anos do curso. 
Posgraduação, mestrado, doutorado, pos-doutorado são todos pagos. Os custos em comparação com as universidades brasileiras são mais economicos.

  • Salário mínimo/Questoes legais: o salário mínimo daqui é muito mais alto do que no Brasil. Atualmente está em 9.5k que são por volta de R$1500,00. Pensando no valor que é pago no Brasil, voce deve estar pensando que é uma benção. Porém, o custo de vida daqui é alto e é difícil encontrar um trabalho "en blanco" = registrado. Sendo assim, se voce trabalhar aqui, o ideal seria dividir casa ou morar com os pais, porque se tiver que pagar tudo sozinho, vai estar praticamente pagando para trabalhar, pois aqui as empresas não pagam vale transporte, alimentação entre outros. Ou seja, voce precisa pagar tudo por conta. Nos trabalhos en blanco voce terá direito provavelmente a Obra social - Plano médico, Seguro de vida. Os outros benefícios que estamos acostumados no Brasil, dificilmente voce encontrará nas empresas daqui. Com relaçao aos descontos, o nosso salário possui 17% de descontos referentes as questoes legais da Argentina. Além disso, aqui só temos direito a 10 dias utéis, ou seja,  esquece aquela bençao de sair de férias 30 dias e poder fazer aquela viagem legal, porque infelizmente aqui voce só poderá fazer viagens curtas.


Espero que tenham gostado, em caso de dúvidas, me escrevam!














2 comentários:

  1. Bianca, você conseguiu trabalho na sua área já? E, qual o seu nível de Espanhol (pois isso faz toda diferença né?)?
    Você poderia também fazer um post sobre os sites que as pessoas utilizam para postar anúncios e compartilhar apto? Você demorou muito para conseguir alugar um apto? Desculpe todas as perguntas..rs
    Beijos e Suerte! Fernanda.

    ResponderExcluir
  2. Olá Fernanda,
    Fiz uma postagem falando sobre aluguel aqui. Vou fazer outras postagens sobre as outras perguntas.
    Bjs

    ResponderExcluir

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *