Bianca Bracho: DNI Argentino -->

DNI Argentino

Olá Pessoal, 
Finalmente posso passar o processo com propriedade...porque finalmente consegui finalizar meu processo para conseguir o DNI.
Vou explicar detalhadamente, pode parecer bem extenso, mas é melhor ter mais informações do que ficar sem saber o que fazer..
Como aconteceu comigo, caminhei, me estressei e depois de muita persistência consegui.

  • Primeiramente o que é o DNI?

DNI = Documento Nacional de Identificação 


  • Para que serve esse documento?
O DNI Argentino, possibilita que você possa viver na argentina, trabalhar e estudar. Podendo ter duração de 2 anos ou permanente. 


  • Opções para conseguir esse documento:
  1. Começando o processo no Brasil, você vai precisar dos seguintes documentos:
- 2 cópias do RG (Autenticadas)
- 2 cópias das três primeiras páginas do Passaporte (Autenticadas)
- 2 cópias da Certidão de Nascimento
- Antecedentes criminais do Brasil emitido pela polícia federal (http://www.dpf.gov.br/ ), nem sempre conseguimos esse documento pela internet, nesse caso verifique na sua cidade se você consegue solicitar esse documento diretamente na Polícia Federal. Se você retirar na Polícia federal precisara reconhecer e autenticar o documento...tire algumas cópias.
- 4 fotos 4x4
- Certidão de Casamento, caso for casado. ( tire cópias e autentique)

Toda essa documentação deverá ser encaminhada para o MRE - Ministério de Relações Exteriores. Segue link - http://www.portalconsular.mre.gov.br/legalizacao-de-documentos/documentos-emitidos-no-brasil , nesse link você consegue verificar os locais onde você consegue carimbar seus documentos presencialmente e em caso de não haver uma unidade próximo da sua residência, você pode enviar diretamente para Brasilia, no endereço abaixo:


Setor de Legalizações e Rede Consular Estrangeira– SLRC
Ministério das Relações Exteriores – MRE
Esplanada dos Ministérios – Bloco H, Anexo I, Térreo
CEP: 70170-900, Brasília – DF
Fax: (61) 2030-8811
E-mail: slrc@itamaraty.gov.br

No caso de envio pelo correio, escreva uma carta mencionando o fato de precisar dos carimbos - legalização para morar na Argentina. 

Tendo todos os documentos carimbados, agende por e-mail, spvisas@mrecic.gov.ar (esse e-mail é de São Paulo), solicite o agendamento para fazer o seu visto, peça também um instrutivo de pagamento para que você possa realizar o pagamento de U$ 300,00 (Taxa migraciones). Segue o link do Consulado da Argentina no Brasil.

No dia que você tiver agendado para o visto, leve toda a documentação citada acima, bem como documentos originais e U$200,00 (taxa para emissão do visto).

Ao finalizar, entregaram um papel com uma foto e um envelope. O papel com a foto deverá ser entregue no aeroporto e o envelope, você deverá agendar um turno para ir no seguinte endereço: Hipólito Yrigoyen, 952,  telefone 5222-7117. Aconselho ir até lá e conversar, no meu caso, consegui realizar o processo sem agendar previamente turno. Lá eles te darão um papel chamado " Constancia de Solicitud de trámite para documento nacional de Identidad". Realizara o pagamento de 25 pesos ou 35 pesos e dentro de um mês recebera no endereço informado o seu DNI.


2. Realizar o Processo na Argentina

Vai precisar da mesma documentação que utilizamos para fazer o processo no Brasil + Antecedentes penais da Argentina que você consegue agendar através do site: http://www.dnrec.jus.gov.ar/Turnos/Default.aspx , eu agendei para a sede central que fica na Calle Tucuman, compareci paguei a taxa que depende da sua necessidade, e depois eles disponibilizaram o documento na internet para ser impresso. Além disso, você precisa ir a uma comissaria para ter o comprovante de residência, encontrando a comissaria corresponde a sua residência, vá até uma...pague 10 pesos e enviaram para o local que você esta, eles só entregam se tiver alguém para receber com uma cópia do documento ou para o próprio solicitante.
Uma sugestão agende o seu turno mesmo quando estiver no Brasil, pois as datas estão muito complicadas, você solicita hoje e consegue data para daqui há 2 meses. Pense em organizar no máximo 2 semanas para tirar os antecedentes +  o comprovante de domicilio e agende. 

Agendando você tem que levar os documentos solicitados, bem como 635,00 pesos. E em 3 meses você receberá o DNI na sua residência.

As pequenas diferenças, você fazendo no Brasil sai muito mais caro, mas você também consegue muito mais rápido, no meu caso que cheguei com pouco dinheiro essa foi a melhor opção.

Além do DNI, existe um documento chamado CUIL, que é necessário para conseguir trabalho legalmente e com todos os direitos. Ele só pode ser emitido com o DNI em mãos. Ou seja, ainda não fiz. Assim que fizer informarei vocês como funciona.

Possíveis dúvidas, me escrevam!





12 comentários:

  1. Oii.. Estou indo para Buenos Aires em novembro mas já estou marcando o dni pro início de dezembro... Fiquei em dúvida quanto a esse prazo de três meses, Vou ter que ficar três meses sem trabalhar? Não tenho nenhum documento provisório? Obrigada

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Qnd fizer todos os trámites em migraciones eles te dão uma precária que vc usa para trabalhar e etc até chegar seu dni.

      Excluir
    2. Qnd dei entrada não demorou 3 meses pra a realização e tbm fiz qnd cheguei na argentina então nesse tempo de espera vc solta os CV trabalho não se consegue assim tão rápido a não ser q já tenha algo arranjado. Mas tudo pode acontecer de forma rápida tbm. Suerte!!!

      Excluir
    3. Olá Bruna,
      Não necessariamente ter que ficar 3 meses sem trabalhar. Eu por exemplo, arrumei um bico para trabalhar no final de semana de garçonete.
      Para vir não pode ter medo de por a mão na massa, o que aparecer ta bom...porque é só o começo.

      Excluir
  2. Bia.. então eu não preciso já ter um emprego ou ser matriculada em alguma escola pra morar na argentina? e depois do 2 anos como faz? renova ou vc ja ganha cidadania? e o idioma ai como funciona?

    bju

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá,
      você pode vir sem ter matricula ou documento. Chegando na Argentina você tera um visto de 90 dias, que sera o tempo mais ou menos necessario para finalizar toda a sua documentação e poder ficar aqui mais tranquila.
      Tem pessoas que recebem permanente logo de cara e outros temporario, se receber o temporario depois é só renovar e tera o permanente.
      O idioma daqui é o Espanhol.

      Excluir
  3. Hola Bianca!
    Que triste que seu processo foi estressante, fiz todo meu trámite ano passado, e na verdade que gastei mais tempo e dinheiro providenciando os documentos no Brasil do que aqui na Argentina. Aqui foi tudo rápido e barato, consegui turno em migraciones 25 dias depois do RNR, porque sem passar pelo RNR seu turno em migraciones é cancelado, e em 35 dias recebi o DNI em casa. Na verdade o meu processo foi mais rápido que seria no Brasil, lá tinha turno com o consul no para depois de 3 meses e acabei dando entrada em toda minha documentação diretamente aqui, o que para foi muito melhor. Que bom que por fim conseguiu! 2 lembretes importanets, há um acordo entre Brasil e Argentina e os brasileiros quando vão sacar a documentação podem optar pelo visto provisório de 2 anos ou o permanente. E para trabalhar aqui não basta o DNI, tem que ter CUIL, com a precaria, que é um comprovante que seu dni está em trámite, poderá ir em qualquer unidade da ANSES e solicitar seu CUIL. Suerte. Saludos, Be

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Be, muito obrigada pelas informações que você descreveu acima. Fico muito feliz em receber as experiências de outras pessoas que assim como eu, fizeram o mesmo processo.
      Saludos

      Excluir
  4. O endereço que deram para residência DNI era já do local onde viviam ou pode ser de Hostel ou Hotel? E depois se mudar de apto, como fica? Obrigada!

    ResponderExcluir
  5. Eu coloquei do hostel mesmo.
    Vc pode depois pedir para alterar, mas por enquanto deixei o endereço do hostel, porque eles tem qhe emitir um novo dni e como estou sem tempo deixei assim.

    ResponderExcluir
  6. Ok! Obrigada ��! Muito bom o seu blog!!!

    ResponderExcluir
  7. Olá Bianca, adorei o seu blog, mas faria uma correção nesse post.
    Não é necessário ter o DNI em mãos para fazer o CUIL.
    Eu sai do edifício de Migraciones em Retiro, e no dia seguinte levei meu RG e Precaria na ANSES e fiz o meu CUIL.
    Meu DNI só chegou depois de 3 meses, mas eu já trabalhava 'en blanco' pois desde que comecei o trâmite do DNI eu já tinha CUIL.
    Depois que você receber seu DNI, automaticamente vão incluir nele o novo numero de CUIL, porque os CUILs geralmente são muito pareceido com o número de DNI.
    Quando você receber o DNI, você deve encaminhar-se a ANSES outra vez para fazer uma unificação de aportes, ou seja, vão transferir toda a sua informação do CUIL provisório para o CUIL permanente que vem com o seu novo DNI e então o primeiro CUIL que você fez é cancelado.
    Beijos!

    ResponderExcluir

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *