Bianca Bracho: Você já teve uma crise existencial? Eu sim! -->

Você já teve uma crise existencial? Eu sim!

Welcome to my life!
Desde que moro na Argentina, percebo que as minhas crises existenciais tomaram uma proporção ainda maior. Posso dizer que elas são bem mais frequentes e que geralmente elas aparecem quando algo que eu queria muito que acontecesse nao acontece.
É como se por um simples acontecimento todos os demais aspectos da minha vida fossem afetados e começa um momento de longas reflexões. Ás vezes chego até a sonhar com aspectos da minha vida que não estão como eu gostaria, reforçando ainda mais que algo não esta bem. 
Mudanças são grandes aliadas as crises, porque quando você muda algo, você pode ter um retorno muito positivo, mas também pode sentir como se essa mudança nao fosse a melhor coisa que poderia acontecer.
Uma crise é uma crise e deve ser respeitada, acolhida e escutada em caso o outro queira falar.









Posso demarcar as minhas crises em 5 estágios:

  1. Cansaço mental: Você pensa tanto, que cansa. Não sei se você já sentiu isso...mas eu sou super ansiosa, mesmo quando não estou em uma das minhas crises existenciais, então normalmente me canso só de pensar hahhahah
  2. Perda de interesse em compartilhar momentos com outras pessoas: sim, nessa busca incessante para resolver o que te atormenta, você tende a querer espaço para poder pensar bem e refletir sobre o que vai mal. Podendo até dar umas patadinhas em algumas pessoas e aproveitando para mandar aquele textão que você não tinha coragem antes...afinal você esta cansado.
  3. Pessimismo e desanimo: a crise existencial aparece quando algo dá muito errado, você vai repensar sobre as suas escolhas e sobre o que esta fazendo da vida, pensando até ás vezes de forma pessimista e desanimada.
  4. Sensação de estar perdido: sim, são tantos os pensamentos e ideias que aparecem que você sente que nada esta dando certo. As sensações de incerteza e insegurança são angustiantes.
  5. Insight: depois de chegar no fim do poço, vem do nada uma ideia, algo que te traz de volta a superfície. Essa é a parte que eu mais gosto, obviamente...porque é aqui que parece que as coisas podem melhorar.




Trouxe esse texto pra vocês, pois estou passando por uma crise agora, é bem complicado abrir um aspecto tão particular e pessoal meu, não é porque estudei psicologia que estou imune a esse tipo de coisas, acredito que quando vem é ainda pior, porque você mesmo se condena ao fato de REAGEEEE você tem que estar bem, lembre das ferramentas que aprendeu e saia dessa crise.
De fato, acredito que graças as técnicas apreendidas a caída não é pior, mas assim como você eu sou humana, tenho sentimentos, pensamentos...
Morar em outro país é muito difícil, tem horas que é tão maravilhoso e reconfortante e tem horas que não...porque você sente que ninguém te entende e pode te acolher como os seus o fariam.
Acredito que a nossa geração esta cada dia mais propensa a esse tipo de conflito, já que vivemos insatisfeitos com tudo, como nosso trabalho, com nossos estudos, nossos relacionamentos...
A melhor forma de não demorar tanto tempo em uma crise, é pensar o seguinte: o que esta acontecendo agora poderia ser bem pior? Vamos agradecer?
Eu tenho várias e várias listas em cadernos para que eu enumere as coisas positivas e até não positivas que vem me acontencendo e pensando que sim, poderia ser bem pior...então vamos agradecer que nao foi tão ruim? Sim!!

Se você assim como eu, sofre ás vezes com as crises existencias, me escreva! Não se sinta sozinho nessa luta chamada vida!


Beijos






4 comentários:

  1. Eu amei tudo que você disse, me identifiquei com tudo que você falou. Nesse momento também estou passando por uma crise. Parabéns Bi , ótimo texto. Bjs Grazi

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Linda, quando quiser me escreve, de repente uma ajuda a outra. Nao se sinta sozinha! Obrigada pelo apoio! Bjs

      Excluir
  2. Adorei seu post me identifiquei muito pois sofro de essas crisis e quando chego no poço tiro forzas de onde nao sei mas para me levantar de novo so q sempre tenho q escolher entre dois caminhos e isso me deixa pésima.... Bjsss

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. nao se sinta só, quando quiser conversar, pode contar comigo!!
      Beijinhos e logo logo passa essa fase.

      Excluir

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *