Bianca Bracho: O que fazer em Bariloche em 2 dias - Low cost -->

O que fazer em Bariloche em 2 dias - Low cost

Oii gente, tudo bem?


Vou contar para voces hoje sobre o primeiro lugar que conheci nessa minha última viagem de 18 dias pelo Sul da Argentina e Chile.


O primeiro lugar que conhecemos foi Bariloche, gente...que lugar incrível!
Plantação de Girassol


Fomos de onibus, pois a passagem de avião saia por volta de 3600,00 pesos e o onibus saia 1795,00. Para explicar melhor, basicamente a ideia da viagem era conhecer o máximo de lugares no caminho de Bariloche a El Calafate e Ushuaia, por isso fomos de ônibus e incluimos vários lugares para tornar essa experiência ainda mais linda.
Como contei em outro relato informativo sobre a viagem, perdemos nosso ônibus em retiro. A empresa que compramos a passagem foi a Crucero del Sur, no dia que era para viajarmos outra empresa fez o trajeto e não fomos informadas, dessa forma, tivemos que ir no dia seguinte e reembolsaram apenas 50% do que pagamos na passagem que perdemos, além de perder o dinheiro, perdemos também um dia que poderiamos ter conhecido lugares incriveis, mas bom...tudo acontece por uma razão.




A viagem de ônibus dura 24 horas, isso mesmo! É bem longe e o caminho muitas vezes é sempre igual, só muda um pouco quando se aproxima de alguma cidade, que por ai você vai encontrar alguma vida no caminho. Vimos plantações de girassol, que incrível, logo eu que amo tanto os girassois.
A Crucero del Sur, é uma boa empresa para se viajar, pois oferecem as refeições (café da manha, almoço e jantar). Já viajei em melhores, mas não vamos reclamar, né? Durante as 24 horas fizeram algumas paradas para entrada e saída de passageiros que desciam ou subiam de alguma cidade que ficava no caminho. Durante a noite colocaram filmes e bom, foi isso que nos manteve entretidas hahahhah

Chegando em Bariloche, encontramos um ponto de ônibus e subimos rumo até o nosso hostel. Esse hostel que ficamos tem uma excelente localização e infelizmente pelo baixo número de turistas, Bariloche estava quase vazia, logo o hostel também estava bem vazio e pudemos aproveitar bem das comodidades de pagar por um quarto compartilhado e dormir só duas pessoas hahahaha


Ficamos no Bariloche Hostel, o que posso falar do hostel é que esta muito bem localizado, pelo menos quando fomos do dia 28/01 ao 30/01 nao tinha muita gente, te passam uma senha que você usa para abrir a porta e achei bem interessante, pois você nao precisa que alguém abra a porta, as instalações sao otimas e vale a pena!







28/01


Depois de deixarmos as malas, saimos para comer alguma coisa e dar uma volta. Acredito que a melhor forma é chegar no local e se aventurar. Fomos para o centro cívico, vimos o comercio e compramos um choripan e comemos olhando para a Lago Nahuel Huapi (é muito lindo essa lago). Depois de comer decidimos ir até o Cerro catedral, pegamos os ônibus de linha e descemos no ponto final, super fácil e leva em torno de 30 minutos. Nesse Cerro Catedral você pode subir nele através do Teleferico, caminhada ou alugar uma bicicleta. Nós optamos por ir pelo teleferico, pagamos 450 pesos cada uma e se voce tiver o cartao do banco frances, tem 10% de desconto.


O passeio no teleferico é incrível, se voce tiver medo de altura, não é uma boa opção, pois o teleferico sobe bem bem alto. Você sobe até uma parte da montanha com um teleferico e depois pode subir um pouco mais com outro teleferico chegando no topo.
Chegando no topo, é só alegria, a vista é incrível e voce pode ainda aproveitar e comer algo, pois lá em cima tem um restaurante.
Site: http://www.catedralaltapatagonia.com/index.php




No inverno é sede de ski e a paisagem deve ser completamente diferente da que vimos no verão.
Bariloche no verão tem um clima bem gostoso, fresquinho, porém nao se esqueça do protetor solar, pois mesmo passando queimamos nosso rosto.


A noite em Bariloche não encontramos nenhuma baladinha aberta nos dias que estavamos lá e os barzinhos não estavam muito cheios, aproveitamos para jogar um pouco no Casino de Bariloche e acabei ganhando 400 pesos ahahahahaa




29/01


Caminhamos em volta do lago, compramos algumas coisinhas para levar para o nosso passeio.
Tomamos outro onibus de linha e fomos para o Parque Nacional Nahuel Huapi, lá fomos no Sendero de los Arrayanes, caminhamos e fizemos algumas trilhas lá. Arrayanes é um tipo de arvore com uma cor bem bonita tipo laranja, bem típica das construcoes da área. Quando voce chegar no parque existem várias opcoes de passeios de barco, porém os precos comecam a partir de 900 pesos, nós como estavamos economizando ao máximo, decidimos nao fazer.





Depois de caminhar decidimos caminhar um pouco mais e ir até o Hotel Llao Llao, é super lindo.
Á noite decidimos ir até o Ice Bariloche, que é um bar de gelo. Para entrar custa 300 pesos e a temperatura dele é por volta de -8 a -15. Nesse voce pode ficar o tempo que quiser e ganha uma bebida, porém o frio é tanto que voce nao aguenta ficar nem uma hora ahhahhaha, nao sei bem se recomendaria, pois acredito que existem outros lugares mais legais para ir.


Ps: no centrinho de Bariloche voce encontrará muitas lojas e vale a pena comprar roupas de frio lá, pelo menos achei um casaco sensacional por mil pesos e me ajudou muito nos locais frios que passei, vale investir.






30/01 - fomos cedinho para El Bolson.


Bom é isso gente, no próximo contarei sobre os outros lugares.


Espero que vocês gostem!


Beijos


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *